Você está aqui: Página Inicial Em Destaque: Veja como o INEI contribui para disseminar a Inovação no Brasil!

Em Destaque: Veja como o INEI contribui para disseminar a Inovação no Brasil!

INEI contribui para o desenvolvimento do Empreendedorismo Inovador nas empresas brasileiras por meio de seu Programa de Sensibilização sobre a importância da Inovação como ferramenta de Competitividade e Sustentabilidade.

"Inovando para Competir".

 

Desde julho de 2007, quando foi lançado no mercado,  o INEI organizou e participou de muitos eventos pelo Brasil, visando debater com empreendedores e gestores de organizações de diversos portes dos setores público, privado e terceiro setor, sobre a importância de desenvolver a competência da inovação como ferramenta de competitividade e sustentabilidade.   

Veja abaixo as atividades realizadas até agora.



2007


Seminário "Inovando para Competir", a 1ª Mostra PUC e o 1º Seminário IAG/PUC de Gestão do Conhecimento e Inovação

O INEI, em parceria com o IAG-PUC do Rio de Janeiro e o apoio da FIRJAN, realizou nos dias 23 e 24 de julho de 2007, o seminário "Inovando para Competir", a 1ª Mostra PUC e o 1º Seminário IAG/PUC de Gestão do Conhecimento e Inovação. Esse evento debateu os três principais pilares para a competitividade e sustentabilidade das empresas brasileiras: a Gestão do Conhecimento, o Empreendedorismo Inovador e a Gestão da Inovação (http://www.inei.org.br/eventos/iagpuc).

No primeiro dia do seminário reuniram-se gestores de empresas, acadêmicos e especialistas das áreas de inovação e empreendedorismo inovador para debater o tema: “Porque o Brasil Empreende e não consegue Inovar?”

O Seminário contou com a participação do palestrante internacional Prof. Soumodip Sarkar, Ph.D.,  especialista em estratégias e inovação, e Diretor do Centro de Estudos e Formação Avançada em Gestão e Economia (CEFAGE-UE) e Diretor do Mestrado em Empreendedorismo e Inovação da Universidade de Évora de Portugal.  O evento contou ainda com a presença de palestrantes para apresentação de cases, como José Alberto Aranha, Diretor do Instituto Gênesis PUC-Rio, Cristiano Rocha, Sócio-Diretor da Milestone – TI, e Maurício Azali, RH do Banco Daimler-Chrysler S/A, dentre outros.  

Abaixo se encontra a relação de palestras realizadas:

●  Empreendedorismo e Inovação: Companheiros de Luta!  Palestrante: Prof. Soumodip Sarkar, Ph.D. da Universidade de Évora, Portugal.

●     3M - Sementes da Inovação - Palestrante - Laureano Silva - Customer Care 3M Brasil - Industrial and Transportation Business.

●  Instituto Euvaldo Lodi - Sistema Firjan. Palestrante: Patricia Gonçalves - Superintendente do IEL - Instituto Euvaldo Lodi - do Sistema Firjan.

●      Estratégia e Empreendedorismo: o Caso da Inusitada - Marketing de Experiências. Palestrantes: Elizabeth Gomes e Erik Eustakio. Elizabeth Gomes: Sócia Diretora da Gomes & Braga.

●     Gestão do Conhecimento na Empresa Junior - PUC – R.J.  Palestrantes: Sergio Yates, M. Sc. e Igor Monteiro. Presidente da Empresa Junior.

●   "Pipeway Engenharia": Um caso de Empreendedorimo Inovador no Brasil. Palestrante: Victor Brito Lopes e José Augusto Pereira da Silva, M.Sc. Representante Endeavor no painel de Seleção do Instituto Gênesis para novas empresas incubadas. Diretor-Presidente e sócio fundador da Pipeway.

●     Implantando Comunidades de Práticas: o Caso Petrobrás. Palestrante: Cristiano Rocha, M. Sc. Sócio Diretor da Milestone –TI.

●       Inovando no Segmento, Produtos e Estratégia para Orgânicos.  Palestrante: Celso Leonardo Barbosa. Sócio-diretor da Organic Life. Especialista em Empreendedorismo, Gestão de Negócios, Marketing e Responsabilidade Social Corporativa.

●     O Ronco do Boi – Por que o Brasil não Inova? Palestrante: Marcos Cavalcanti, Ph.D. Professor da UFRJ. Coordenador do CRIE - Centro de Referência em Inteligência Empresarial da Coppe/UFRJ. Ex-Diretor de Tecnologia da FAPERJ.

●     Comunicação para Inovar a Gestão de Pessoas - Palestrantes: Maurício Azali e Claudio Bueno. RH do Banco DaimlerChrysler S/A.

 

Feira de Negócios 

Além dos seminários, nos dias 23 e 24 de julho 2007, o INEI promoveu uma Feira de Negócios no Instituto de Administração e Gerência da PUC-Rio (IAG), onde os palestrantes e participantes tiveram oportunidade de apresentar serviços inovadores e fechar propostas de negócios.

 

 

Workshop sobre os Desafios da Inovação nas Organizações Brasileiras

No dia 24 de julho, como parte da programação do Seminário, o Professor e Ph.D. Soumodip Sarkar da Universidade de Évora, Portugal, ministrou um Workshop sobre os Desafios da Inovação nas Organizações Brasileiras  (http://www.iag.puc-rio.br/mostragceinovacao/).. 

Veja as notícias, palestras e fotos do evento  emhttp://www.inei.org.br/eventos/iagpuc
 
 
 
KM Brasil 2007

INEI coordenou a mesa de debates da Mesa de Inovação e Gestão do Conhecimento no KM Brasil realizada em novembro 2007. A 3M, Serinews e TerraForum participaram do evento. Veja as notícias e fotos sobre o evento em http://www.inei.org.br/eventos/KM_Brasil_-_2007/   

 


2008

A partir de 2008, dando continuidade ao seu programa de sensibilização, conscientização e mobilização para a inovação, "Inovando Para Competir"  iniciado em julho de 2007,  o INEI organizou, apoiou e participou de muitos eventos pelo Brasil, visando debater com empreendedores e gestores de organizações de diversos portes dos setores público, privado e terceiro setor, sobre a importância de desenvolver a competência da inovação como ferramenta de competitividade e sustentabilidade. 

 
 
 KM Brasil 

O INEI também participou e apoiou eventos sobre Gestão do Conhecimento e Gestão da Inovação no KM Brasil em 2007, 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012. 


 

2010

 

Lançamento da RIERJ - Rede de Inovação do Estado do Rio de Janeiro

Com apoio da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), o INEI desenvolveu a Rede de Inovação do Estado do Rio de Janeiro – RIERJ. Esta Rede constituída por Agentes de Inovação – representando os municípios do Estado de Rio de Janeiro, participaram de um evento, com duração de um dia na Cidade do Rio de Janeiro, no dia 16 de setembro, de 2010 no auditório da CAERJ. O evento foi realizado presencialmente e transmitido via internet para todos os participantes da RIERJ.  Este evento teve como objetivos: passar informações sobre o projeto da montagem da Rede de Inovação do Estado do Rio de Janeiro, o papel a ser desempenhado pelos Agentes de Inovação, os fundamentos básicos sobre inovação e as principais fontes de recursos para financiar projetos de inovação em pequenas, médias e grandes empresas. Representantes das principais agências de fomento à inovação como a FAPERJ, FIRJAN, SEBRAE e FUNDO CRIATEC apresentaram suas principais linhas de fomento e fontes de financiamento para a inovação. Ao participar da RIERJ, o Agente de Inovação teve a oportunidade de trocar informações e conhecimentos com outros empresários e empreendedores locais nos municípios e sensibilizá-los quanto à oportunidade de obter financiamento para suas inovações. Para os municípios, os benefícios previstos foram: a geração de rede de serviço de informação, o apoio local para a inovação, a melhoria na qualidade do serviço de atendimento ao empreendedor local, e as melhorias no aproveitamento das oportunidades em investimentos em inovação.

 

 

CONITEC 2010 - I Congresso Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa

O INEI apoiou o CONITEC 2010 nos dias 15 a 17 de agosto, que teve a participação de Jeanne Meister, mundialmente conhecida pela criação de projetos de inovação e gestão empresarial e por sua luta para a implantação de universidades corporativas que possibilitem o aprendizado de melhores práticas, ensejando a criação de empresas inovadoras em redes sociais e, em consequência, um maior desenvolvimento.  Em sua palestra no CONITEC 2010, Jeanne Meister abordou a grande experiência da união europeia na área de Recursos Humanos, apresentando as avançadas práticas empresariais que lá são utilizadas, o que, certamente, servirá de modelo para a proposição de soluções que minimizem ou até mesmo venham a erradicar a falta de mão de obra no Brasil. Tendo como principal objetivo discutir a necessidade de se investir em inovação e educação corporativa nas organizações empresariais, o CONITEC 2010 contou também com a participação de outros renomados profissionais, nacionais e internacionais.

 

 

Open Innovation Seminar 2010

INEI foi um dos apoiadores institucionais do III Open Innovation Seminar.  Este evento foi a terceira edição do maior evento da América Latina sobre inovação aberta.  Nele, os Centros de Open Innovation do Brasil e de Berkeley ofereceram o primeiro curso intensivo em inovação aberta para formação de líderes no Brasil. O professor Henry Chesbrough, além de coordenar o curso, ministrou uma palestra exclusiva no dia do seminário sobre a inovação aberta em serviços.  A programação do seminário também incluiu painéis, relatos de casos e sessões técnicas. Na edição de 2009, o evento reuniu mais de 350 profissionais (40% com cargos executivos) de 158 organizações (Bradesco, Braskem, Buscapé, Camargo Correa, Chemtech, Dow Corning, DuPont, Embraer, Embrapa, Fiat, Johnson&Johnson, Oi, Sabesp, Santander, Suzano, Tecnisa, entre outras). Dentre as empresas patrocinadoras estavam incluídas: Omnisys, Natura, Petrobrás, Vale, Fosfertil, Banco do Brasil, Nanotimize, Neointelligence e Elsevier/Illumin8, além da Allagi - patrocinadora oficial.

 

 

2011

 

Seminário Nacional de Inovação Estratégica e Workshops sobre Estratégias de Inovação para a Competitividade nas Empresas Brasileiras

Com subvenção do CNPq, obtida no edital Edital MCT/SETEC/CNPq Nº 013/2009 – Pró-Inova - Eventos de Tecnologia e Inovação, o INEI realizou o Seminário Nacional de Inovação Estratégica e Workshops sobre Estratégias de Inovação para a Competitividade nas Empresas Brasileiras, nos dias 24 e 25 de março.

O “Seminário Nacional de Inovação Estratégica e Workshops sobre Estratégias de Inovação para a Competitividade nas Empresas Brasileiras” teve como objetivo a sensibilização, conscientização e mobilização de empresas, seus dirigentes, gestores, e demais profissionais, sobre a importância da inovação como instrumento de crescimento sustentável e de competitividade. Buscou, ainda, contrastar diferentes estratégias de inovação e de gestão da inovação, destacando o potencial do design thinking como processo estruturante no apoio à inovação. O evento foi dirigido para empreendedores, empresários, profissionais liberais, gestores, colaboradores e dirigentes de organizações da administração pública, privada e do terceiro setor, associações comerciais, acadêmicos, alunos de pós-graduação que desejavam desenvolver a competência da inovação.

No dia 24/03 realizou-se o Seminário Nacional de Inovação Estratégica. No programa do Seminário foram realizadas palestras sobre os modelos e ferramentas de inovação estratégica para que os participantes desenvolvessem uma visão abrangente sobre inovação, estratégias de apoio à inovação sustentável, ao ecossistema e à cultura de inovação, assim como práticas de gestão da inovação.  Em adição às palestras, foi realizada uma Mesa Redonda para debater o tema Estratégias de Inovação para Sustentabilidade - Instrumentos da Política de Inovação, Fontes de Financiamento e Recursos para Inovações.

As palestras abaixo foram realizadas no dia 24/03/2011 foram:

·   Cultura de Inovação - Charles Bezerra, PhD pelo IIT - Institute of Design, Diretor da GAD Inovação

·   Design Thinking e Inovação Social como Estratégia de Sustentabilidade  Carla Cipolla, PhD pelo Politécnico di Milano, Docente UFRJ

·   O Poder do Vazio - Inovação Estratégica e Co-Criação de Valor - Daniel Egger, MBA em Empreendedorismo e Inovação pela Babson School e Anderson Cunha, Sócios da Symnetics

·  Inovando a Inovação em Serviços - Claudio Pinhanez, Ph.D. pelo Massachusetts Institute of Technology, Pesquisador IBM.

·    Estratégia de Inovação do Estado do Paraná - Filipe Cassapo, Diretor do Centro Internacional de Inovação da FIEP.

·  Mesa Redonda - Estratégias de Inovação para Sustentabilidade - Instrumentos da Política de Inovação, Fontes de Financiamento e Recursos para Inovações com a participação de especialistas do BNDES, SEBRAE, FAPERJ, FIEP, AGÊNCIA DE INOVAÇÃO-PUC e FINEP.

 

 

 Workshops sobre “Estratégias de Inovação para a Competitividade nas Empresas Brasileiras”

No dia 25/03 foram realizados Workshops sobre “Estratégias de Inovação para a Competitividade nas Empresas Brasileiras”. Foram abordados os principais temas, modelos e ferramentas de gestão para desenvolver uma visão estratégica da inovação, compreender a dinâmica dos processos da gestão da inovação dentro das organizações, considerando-se a realidade mercadológica brasileira, e conhecer as principais estratégias e práticas de gestão com foco em inovação. Além disso, os participantes conheceram os principais recursos para o fomento e proteção à inovação.

 A programação dos workshops  é apresentada abaixo:

●     Gestão de Mudanças, do Conhecimento Corporativo e da Inovação – Heitor Pereira, Ph. D. – FIA - SBGC.

●     Design Thinking como Estratégia de Inovação para a Competitividade - Profa. Heloisa Moura, Ph. D. – Diretora de Inovação Social Sustentável do INEI e Diretora de Inovação da MJV.

●     Estratégias de Inovação para a Competitividade: Estratégias do Oceano Azul, Inovação Aberta e Inovação de Disrupção aplicadas ao Mercado Brasileiro - Prof. Martius Rodriguez e Rodriguez, Ph. D. – Unversidade Federal Fluminense e fundador do GIGCI – Grupo Interativo de Gestão do Conhecimento e Inovação.

●     Propriedade Intelectual e Industrial como Estratégia de Inovação – Fernando Braune e Patrícia Lusoli – Veirano Advogados.

 

 

Gestão Estratégica da Inovação - INEI apoiou evento do IPQC realizado entre 23-25/11/2011.

O IQPC apresentou a Conferência Gestão Estratégica da Inovação, onde foram apresentados casos avançados de empresas que têm uma gestão estratégica da pesquisa & desenvolvimento, focada na execução e suporte à inovação. Foram convidados para os 3 dias de discussão empresas como Amanco, Rhodia, IBM, Souza Cruz, Motorola, Correios, dentre outras, que compartilharão suas experiências na área. Além disso, foram realizados 3 workshops e 20 casos práticos.

 

 

Rio Business Innovation 2011

O INEI participou da organização e apoiou o Rio Business Innovation 2011. Considerando a importância da inovação para o reposicionamento do Rio de Janeiro, foi realizado o seminário Rio Business Innovation 2011 nos dias 28 e 29 de novembro de 2011. O evento contou também com o apoio da FGV, da TV Bandeirantes e da Rio Negócios.

As questões centrais postas pelo seminário a gestores e empreendedores foram:

●     "Você conhece as novas oportunidades de negócio em curso no Rio de Janeiro e suas repercussões no Brasil?"

●     "Seu modelo de negócios está preparado para aproveitar tais oportunidades?"

O objetivo foi alertar as equipes envolvidas no desenho de novos produtos e novos modelos de negócio para as enormes oportunidades geradas pela convergência dos fluxos de investimento relacionados às novas fontes de energia, à Copa, às Olimpíadas, ao Porto Maravilha, à Rio +20, ao Pré-sal e às indústrias criativas.  Um workshop com Alexander Osterwalder foi realizado sobre o tema de seu livro: Business Model Generation.

 

 

Gestão Estratégica da Inovação

INEI foi o apoiador Institucional da 3ª edição da conferência "Gestão Estratégica da Inovação" nos dias 28 a 30 de novembro, 2011, em São Paulo.  O evento teve foco na otimização de processos que viabilizassem a implementação de novas ideias e garantissem resultados positivos para a organização por meio da gestão da inovação. Para esse fim, contou com a participação de Fernanda Moura - Gerente de Inovação da Sucos Del Valle, que discorreu  sobre a gestão da inovação em diferentes frentes da empresa para promover a melhoria contínua.

 

  

2012

 

Business Design – A Inovação Estratégica - Harvard Business Review

O INEI foi um dos apoiadores institucionais do evento Business Design – A Inovação Estratégica, realizado no dia 15 de maio de 2012 pela Harvard Business Review. Esse evento contou com a participação de especialistas de renome nacional e internacional, e teve como principal objetivo debater a inovação de forma pragmática e alinhada ao negócio, apresentando um conteúdo diferenciado. Para maior entendimento do processo de inovação estratégico, foram discutidas as principais tendências mundiais do assunto, metodologias e ferramentas que potencializam a inovação com foco no modelo de negócios, proporcionando um conhecimento profundo aos executivos. Para ampliar a experiência sobre o tema e compartilhar o conhecimento da Inovação na prática, foram apresentados casos de sucesso aplicados em Inovação, um painel no formato TED com empresas inovadoras que apresentaram diferentes perspectivas e ações da área e um treinamento desafiador sobre a metodologia de como sistematizar e potencializar a inovação nas empresas.

 

 

Congresso ITECSU - INOVAÇÃO COM TECNOLOGIA SUSTENTÁVEL

O INEI contribuiu para a organização e participou do ITECSU (Inovação com Tecnologia Sustentável) com a palestra "Inovação na Construção Civil Brasileira", realizado em Foz do Iguaçu, de 24 a 26/07/2012.   O objetivo do ITECSU foi reunir casos de empresas em inovação, tecnologia e sustentabilidade. Temas como água, turismo, tecnologia, energia, inovação, sustentabilidade e gestão do conhecimento foram abordados nos vários segmentos da economia brasileira. O evento ainda visou contribuir com a competitividade e aprimoramento das técnicas de gestão e inovação, das micro e pequenas empresas do Brasil.  As palestras giraram em torno de sustentabilidade, empreendedorismo, tecnologia, gestão do conhecimento e criatividade.

 

 

O INEI foi um dos apoiadores do CONITEC 2012

A Anitec promoveu nos dias 30 e 31 de julho, no Rio de Janeiro, o Congresso Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa - Conitec 2012.  A parceria entre diversas instituições vinculadas a inovação, educação corporativa e trabalho permitiu a concretização de um evento relevante para o avanço da inovação nas organizações e da educação corporativa. Foi um momento de discussão que incluiu atividades diversas, desde painéis, conferências, apresentações de trabalhos, até o Fórum Internacional de Inovação e Educação Corporativa. Diferentes Universidades Corporativas, Institutos de Inovação, Pesquisadores, Representantes Governamentais, Universidades Brasileiras e Internacionais discutiram os caminhos da educação corporativa, do trabalho e da inovação no Brasil e no Mundo. O tema de 2012 trouxe a Inteligência Coletiva, Os Grupos criativos, As Redes Sociais, As Redes de Inovação e de Educação Corporativa no cenário do mundo contemporâneo. Há uma emergência no contexto atual por ações articuladas em prol da construção do conhecimento em seus distintos formatos, dentre eles: a inteligência coletiva, a formatação de redes inteligentes por meio de grupos criativos, a criatividade e solidariedade como aliadas para o enfrentamento dos desafios da sociedade tecnológica e do mundo do trabalho. De igual modo, as organizações precisam estar prontas para sustentar suas ações de inovação por meio de ações educacionais encampadas por Universidades Corporativas sintonizadas com a emergência das mudanças do mundo do trabalho e do sistema de produção, compromissadas com a sustentabilidade dos trabalhadores.  Como podemos humanizar os postos de trabalho, produzir e competir na Sociedade em Rede? Essas e outras perguntas foram respondidas por palestrantes de primeira linha como Pierre Lévy, Domenico di Masi, André Lemos, entre outros nomes nacionais e internacionais, que abordaram temas de interesse na área de Educação Corporativa.

 

 

O INEI foi um dos apoiadores do KM Brasil 2012

11º Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento São Paulo 22, 23 e 24 de agosto. Há 11 anos, a SBGC vem transformando conhecimento em valor, contribuindo para o crescimento das empresas e do país. E assim vem realizando o KM Brasil, sempre trazendo questões atuais e as tendências mundiais em relação à Gestão do Conhecimento (GC) em um olhar mais holístico. O evento reuniu profissionais de empresas públicas, privadas, academia e terceiro setor do Brasil e de outros países, reconhecidos nacional e internacionalmente, com o objetivo de discutir as dimensões: pessoas, práticas e ferramentas. O público foi constituído por: empresários, empreendedores e executivos; gestores das áreas privada, pública e terceiro setor; formuladores de políticas e diretrizes organizacionais nos âmbitos privado e público; consultores; acadêmicos (professores, pesquisadores e estudantes); e público em geral interessado em GC e sustentabilidade. O evento proporcionou a oportunidade de contato com: profissionais de níveis estratégico e tático, oriundos de empresas nacionais e internacionais, com experiência em práticas de GC; acadêmicos (professores e estudantes de mestrado e doutorado) atuantes em linhas de pesquisa relacionadas à GC e temas pertinentes; e consultores e fornecedores de soluções para projetos de GC.  Também foi uma excelente oportunidade para troca de experiências, idéias e proposições com cerca de 1.000 participantes com experiência em práticas de Gestão do Conhecimento.

 

 

Executive Marketing Summit

O INEI foi um dos apoiadores do evento Executive Marketing Summit,  em 18 e 19/09/2012, em São Paulo. O evento reuniu debates sobre diversas questões relevantes para os profissionais, tratando de forma detalhada e diferenciada as variadas áreas de atuação do profissional. O Executive Marketing Summit abordou os diversos aspectos do marketing dentro deste novo cenário e ofereceu insights sobre como as empresas podem definir suas estratégias com foco efetivo em seus clientes. As palestras e workshops enfatizaram várias maneiras que as empresas podem atingir seus clientes e objetivos de negócios para gerar o máximo retorno sobre seus investimentos. O evento ofereceu uma plataforma necessária para a troca de experiências e apresentação de soluções e tendências para o mercado. Foram 4 fóruns reunidos em dois dias de programação: Market Intelligence, Analytical Marketing, Mídias Sociais e Mobile Marketing e um fórum especial sobre Engajamento, Relacionamento e Fidelização. Todos eles com o objetivo de apresentar práticas de mercado e visão de especialistas. Além disso, dois workshops especiais foram realizados, com relação às estratégias e práticas apresentadas. O primeiro tratou da convergência de dados e a inteligência com foco no cliente. O segundo focou na produção social, o crowdsourcing, um modelo de produção de conhecimento coletivo com foco em inovação e mídias sociais.

 

 

WOB - Wide Open Business Conference

O INEI participou do Wide Open Business Conference - O Congresso Mundial de Inovação com foco em design, tecnologia e novas mídias, que foi realizado nos dias 20, 21 e 22 de setembro de 2012, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro. Pensadores, líderes e formadores de opinião  se reuniram para discutir temas como design thinking, neuromarketing, e-commerce, cloud computing, principais tendências, entre outros.

O WOB contou com a participação da profa. Ingrid Paola Stoeckicht, fundadora e diretora executiva do INEI, que realizou uma palestra sobre o tema Inovação como Estratégia de Competitividade.  O objetivo da palestra foi de desenvolver uma visão sistêmica da inovação, compreender a dinâmica de seus processos e debater as principais estratégias e práticas de gestão, visando oferecer produtos e serviços inovadores em sua proposta de valor aos clientes internos e externos.

 

A profa. Heloisa Moura, também, diretora executiva do INEI ministrou uma palestra sobre Design Thinking como ferramenta estratégica para a inovação.

 

 

Open Innovation Forum 2012

O INEI foi  apoiador Institucional do Open Innovation Forum 2012, no qual especialistas em Inovação Aberta se reuniram em conferência em São Paulo, em 26 e 27 de setembro, para discutir modelos de implantação e aprimoramento por executivos de diferentes ramos industriais. No encontro, especialistas e executivos compartilham informações sobre métodos para assegurar a continuidade e o crescimento do negócio através da colaboração de ideias na geração de produtos inovadores. Entre os assuntos em destaque incluíram-se: como criar cultura corporativa que estimula a inovação aberta, formas de aceleração do negócio a partir de redes colaborativas de pesquisa, e diferenciais brasileiros em comparação com outros países.  O evento contou com a participação de 20 palestrantes, conceituados líderes profissionais do segmento, entre eles: Alessandro Belgamo, Head of Channel Development Latin America da Google Enterprise, Gerson Valença Pinto, VP R&D da Pepsico do Brasil, e Frederico Ramazzini Braga, Technological Innovation Manager da Brasil Foods.  Dois workshops compuseram a agenda, o primeiro ministrado pela Diretora de Inovação da FIAP, Nathalie Trutmann, sobre a interação entre as universidades e empresas; e Ivan Passos, Head of Innovation and Financial Education do Itaú Unibanco, que explanou sobre como aplicar inovação aberta em indústrias regulamentadas. O evento “Open Innovation Forum” teve o apoio do CIC - Centro para Inovação e Competitividade (www.cic.org.br), INEI – Instituto Nacional de Empreendedorismo e Inovação (www.inei.org.br), Gestão e Inovação (http://gestaoeinovacao.com/), NYT Innovation (www.nyt-innovation.com.br) e Portal Inovação (http://www.portalinovacao.mct.gov.br/pi/#/pi).

 

 

INEI apoiou a 4ª edição do SCIP Latin America Competitive Intelligence Summit

A 4ª edição do SCIP Latin America Competitive Intelligence Summit, realizada de 2 a 4 de outubro de 2012, teve como tema Inteligência Competitiva, a melhor estratégia para enfrentar a crescente concorrência global e trouxe uma programação para atender as demandas dos executivos do mercado Latino Americano, apresentada por profissionais de destaque em seus mercados de atuação e de diferentes países. 

 

Centro de Inovação de Maringá - Paraná

Em um trabalho colaborativo com o Sebrae Maringá e a Universidade Estadual de Maringá, o INEI elaborou o plano de negócios do CIM -  Centro de Inovação de Maringá. http://centrodeinovacaodemaringa.org.br/. O CIM O CIM é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, cujo objetivo maior é contribuir significativamente para a construção de processo de desenvolvimento regional socialmente responsável, sustentável e competitivo na economia globalizada do conhecimento e da inovação.  O lançamento do CIM foi em 4 e 5/12/2012.

 

 

2013


O INEI abre o ano com o lançamento de sua Aceleradora de Negócios Sociais o a Aceleradora 2.5

 

Aceleradora 2.5
Um ecossistema de recursos para você abrir o seu negócio social inovador, sustentável e lucrativo = Negócio 2.5!

A Aceleradora 2.5 é uma unidade do INEI que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de empreendimentos sociais inovadores e lucrativos de alto impacto social, econômico e sustentabilidade ambiental.

Tem como missão prover um ecossistema de recursos para acelerar o desenvolvimento de negócios sociais inovadores e lucrativos, que caracterizam o Setor 2.5.

Seu principal objetivo é fomentar a cultura do empreendedorismo social inovador, desenvolver tecnologias sociais, e produtos e serviços sociais inovadores, e assim promover o desenvolvimento social e econômico da população brasileira.

 

A Aceleradora 2.5 se sustenta sobre quatro principais pilares: INOVAÇÃO SOCIAL, SUSTENTABILIDADE AMPLA, COMPETITIVIDADE E LUCRATIVIDADE. 

Conheçam nosso trabalho acessando www.inei.org.br/aceleradora25.

 

 

Business Design 'A Inovação Estratégica" da Harvard Business Review

O INEI contribuiu para a organização e apoiou o evento "Business Design 'A Inovação Estratégica" da Harvard Business Review, com a participação Tom Kelley da IDEO, no dia 12 de março de 2013, em São Paulo. A 2ª Edição do evento “Business Design-Inovação Estratégica” permitiu a comunidade de negócios ampliar o debate sobre os desafios e as oportunidades emergentes do  novo ambiente colaborativo global. Ao mesmo tempo em que trouxe inspiração e novas tendências sobre o assunto, apresentou ferramentas e modelos de como estruturar a área, os processos e a implementação da inovação aberta, e contribuiu para a evolução da prática da inovação colaboradora nas empresas, desvendando novas perspectivas e resultados decorrentes da inovação.

Os principais objetivos deste evento foram:

·  mostrar como é possível fomentar uma cultura de criatividade e ao mesmo tempo desenvolver processos de inovação contínua;

· ampliar o conjunto de ferramentas e modelos para a estruturação e consolidação da área de inovação,

·  elucidar os questionamentos acerca da melhor estrutura organizacional para a inovação aberta;

·    apresentar as metodologias mais eficazes de engajamento no processo de colaboração que garantam a maximização das oportunidades de negócios existentes; e

·   aprofundar a visão e compreensão sobre o papel das redes no processo de inovação aberta.

O evento compartilhou insights de empresas sobre suas diferenciadas jornadas de inovação, juntamente com praticantes e grandes pensadores internacionais da inovação como Tom Kelley, Gerente Geral da IDEO e Satish Nambisan, Autor de “O cérebro global”. Para mostrar na prática o que é, como fazer e os benefícios da inovação colaborativa, teve a participação especial da FIAT, que compartilhou um dos seus projetos mais vanguardistas e pioneiros da inovação aberta no Brasil, o caso do carro “ Fiat Mio”.

 

 

Oficina de Pré-Aceleração 2.5 - Negócios Sociais Sustentáveis

Em 21/03/2013, o INEI, por meio de sua Aceleradora 2.5, realizou a primeira Oficina de Pré-Aceleração de Negócios 2.5 - Negócios Sociais Sustentáveis, em parceria com a Agência UFRJ de Inovação e o Parque Tecnológico da UFRJ, como parte do Global Entrepreneurship Congress, GEC 2013.

Esse evento teve como objetivo apresentar o processo de criação de empreendimentos sociais, inovadores e lucrativos inseridos no Setor 2.5. O setor 2.5 interliga atividades sociais e ambientais à lucratividade; é o setor privado movido pela consciência social e ambiental, cujos novos empreendimentos são conhecidos como startups 2.5.

Com foco na etapa de pré-aceleração, o evento reuniu aspirantes e empreendedores sociais em busca de uma ideia inovadora de Negócio 2.5.  Combinando design thinking e métodos lean para startups, o evento apresentou algumas das ferramentas práticas voltadas para a formação de equipes ou dream teams, o mapeamento do espaço de oportunidades para negócios sociais, a identificação de perfis de atores relevantes, a co-criação da ideia do negócio, e a sua prototipação e validação. 

O programa contou com a participação de Iris Guardatti (Coordenadora da Agência de Inovação da UFRJ), Filipe Martins (Gerente de Articulações Corporativas do Parque Tecnológico do Rio) e Paulo Reis (Agência UFRJ de Inovação).  No evento, foi realizado uma  Oficina de Pré-Aceleração 2.5 tendo como facilitadores Heloisa Moura (INEI), Ingrid Stoeckicht (INEI), Antonio Nascimento (INEI), e Paulo Reis (Agência UFRJ de Inovação).

A Oficina contou com a participação de empreendedores e aspirantes sociais de diversas cidades e estados brasileiras, a saber: Rio de Janeiro, Niterói, Nova Iguaçu, São Paulo, Campinas,  Belo Horizonte, Salvador, Brasília, Natal e Porto Feliz. 

Contou também com participantes de diversos países, a saber: Moçambique, Trinidade-Tobago, Malásia, Nigéria, EUA, Austrália, Geórgia, Venezuela, Algéria, Equador, Argentina, África do Sul e México.

Verificou-se nesta Oficina em específico que as três principais área de interesse temático para a criação de Negócios Sociais Inovadores e Sustentáveis foram:

·         Meio ambiente

·         Educação, e

·         Tecnologia.

Ao término da Oficina foram apresentadas cinco trabalhos voltados para o desenvolvimento de negócios sociais aliando inovação, sustentabilidade e lucratividade.

 

 

Oficina de Negócios Sociais Sustentáveis

Em conjunto com a UNIRIO - o INEI e sua aceleradora de negócios sociais, a Aceleradora 2.5 realizou a Oficina de Negócios Sociais Sustentáveis no dia 21/09/2013, com parte da Semana Global de Empreendedorismo. 

Esta Oficina teve como objetivo apresentar o processo de co-criação de empreendimentos sociais, inovadores e lucrativos inseridos no Setor 2.5.

O evento reuniu 34 aspirantes à empreendedor, empreendedores, empresários, profissionais liberais, gestores, colaboradores e dirigentes de organizações da administração pública, privada e do terceiro setores estudantes universitários,  em busca de uma ideia inovadora de Negócio 2.5. 

O  oficina combinou design thinking e métodos lean para startups, e nela foram apresentadas algumas das ferramentas práticas voltadas para a formação de equipes ou dream teams, o mapeamento do espaço de oportunidades para negócios sociais, a identificação de perfis de atores relevantes, a ideação colaborativa da ideia do negócio, e a sua prototipação e validação.

Em poucas horas de trabalho intenso, os participantes apresentaram quatro planos preliminares de negócios do setor 2.5.   

O setor 2.5 interliga atividades sociais e ambientais à lucratividade; é o setor privado movido pela consciência social e ambiental, cujos novos empreendimentos são conhecidos como startups 2.5. Os empreendimentos ao mesmo tempo sociais e comerciais, cujo negócio tem fins lucrativos e, simultaneamente, está relacionado ao desenvolvimento social e ambiental sustentável, são chamados Negócios 2.5.

Os trabalhos apresentados atendiam os seguintes critérios:

● Foco na resolução de desafios sociais;

● Criação de valor social;

● Criação de valor ambiental;

● Promoção da inclusão social;

● Criação de valor e benefícios econômicos;

● Inovação;

● Sustentabilidade financeira; e

● Geração de lucro ao empreendedor e ao investidor/acionista.

Um show de Criatividade e Inovação Social Sustentável!


PARCERIA


EVM - Escola Virtual do Mercosul - Os Desafios e Oportunidades da Inovação Social Sustentável

O INEI e sua Aceleradora 2.5, fecharam uma parceria com a EVM - Escola Virtual do Mercosul e realizaram um webinário em 19/11/2013 sobre o tema: Os Desafios e Oportunidades da Inovação Social Sustentável.  Neste evento, apresentou-se uma visão sistêmica sobre os desafios e oportunidades da negócios sociais inovadores e sustentáveis no Brasil e na America Latina e debateu-se os principais desafios de empreender no âmbito social. Os principais temas abordados no webinário foram:

· O que é empreendedorismo social sustentável.

· O setor 2.5 e negócios sociais inovadores sustentáveis.

· Tendências mundiais e oportunidades de negócios sociais na América Latina.

· Cases de inovação social sustentável no mundo.

· Os principais desafios da inovação social sustentável.

· Introdução à metodologia INEI para aceleração de negócios sociais sustentáveis inovadores.

 Contou com a mediação de Cristina Balari, Coordenadora da Comunidade, Escola Virtual Mercosul, e os especialistas convidados Heloisa Moura, PhD. em Design estratégico e Ingrid Stoeckicht, D. Sc. em Engenharia Civíl como foco em inovação, ambas diretoras executivas do INEI e co-fundadoras da Aceleradora 2.5.

 

 
 
 

2014

 
MIT Technology Review inovadores com menos de 35 anos Brasil 

O Instituto Tecnológico do Massachusetts (MIT) através da publicação MIT Technology Review em parceria com o Instituto Nacional e Empreendedorismo e Inovação do Brasil, lançou a primeira edição dos prêmios no Brasil MIT Technology Review Innovators Under 35.

Estes prêmios, que no Brasil recebe o nome de MIT Technology Review Inovadores com menos de 35 anos, procuram identificar aos melhores talentos emergentes em matéria de inovação. Jovens com um grande potencial que através de suas pesquisas, desenvolvimentos o empreendedorismo, estão revolucionando os setores onde trabalham. O Sergei Brin (Google,), J.B. Straubel (Tesla Motors) o Konstantin Novoselov (Prêmio Nobel de Física), são alguns dos exemplos dos vencedores da edição global destes prêmios.

Para participar desta premiação, os jovens podem indicar-se a eles próprios ou serem indicados por outra pessoa acessando http://www2.technologyreview.com/tr35brazil/nominate/. Os únicos requisitos são ter nacionalidade brasileira e ser menor de 35 anos no momento da cerimônia de premiação. O período de indicação ficará aberto até o próximo 16 de janeiro. Após o encerramento deste período, nossa prestigiosa banca de juris começará a avaliação dos projetos.

Agradecemos sua ajuda na indicação de candidatos como na divulgação desta noticia aos seus parceiros. Podem encontrar mais informação na nossa web www.tr35brasil.com, e se tiver alguma dúvida, não hesite em nos contactar em [email protected].

 

 

Startup Weekend Education Rio
O INEI e a Aceleradora 2.5 participaram do Startup Weekend Education em 23-11-2014 - realizado no Espaço Nave - Estácio de Sá. 

Ao longo de 54 horas, mais de 100 participantes trabalharam intensamente para idealizar, validar e apresentar seus projetos.  Empreendedores de várias empresas trabalharam apoiando os participantes a desenvolverem suas ideias. Amure Pinho CEO da GetBlogo participou ministrando o Pitch training. Flávio Junqueira realizou o workshop em Como construir um MVP. 

O evento contou com 8 mentores voluntários que se reuniram com as 10 equipes formadas, e 6 jurados de organizações como Sebrae, Globo, Abril Educação.  A presidente do INEI e co-fundadora da Aceleradora 2.5 de Negócios Sociais,Ingrid Paola Stoeckicht, participou da banca de jurados, e anunciou a contribuição da instituição com 20 horas de mentoria para os projetos ganhadores. Vejam mais em: https://www.facebook.com/swrio. 

 

 

Baanko Challenge Rio!

O INEI apoiou o Baanko Challenge Rio, 
encontro que incentivou líderes sociais a tirarem suas ideias do papel e fomentar o empreendedorismo no Rio de Janeiro!

Fomentar o empreendedorismo e o ecossistema social é a grande missão do Grupo Baanko, que promoveu um evento para discutir importantes temas e conectar cada vez mais pessoas com atitudes transformadoras a partir de ideias de grande impacto social.

A Edição Rio ocorreu em dois sábados, 18/out e 29/nov, das 9h às 19h, em um excelente espaço de inovação: Espaço NAVE/ESTÁCIO DE SÁ (Av. Venezuela, 43, 5º andar, 300 mts do Museu do M.A.R. – Museu de Arte do Rio) e as inscrições são gratuitas.

Nestes dois encontros, cada participante aproveitarou oportunidades de emprego com um de nossos parceiros, a 99jobs.com, participou de Palestras, Ambientações e Mini-Cursos, pode fazer contatos com os parceiros do Baanko Challenge, se inspirando com histórias de líderes sociais, levando consigo ideias transformadoras.

Os Líderes de Negócios e Startups Sociais participaram dos “Pitches Sociais”, e os líderes de ONGs participaram do “Desafio”, onde a ONG será beneficiada com uma plataforma/sistema a partir de um time de voluntários!

Desafio
Um dos destaques do evento é o “Desafio”. Tendo como base os “Oito Objetivos do Milênio”, algumas ONGs foram selecionadas e os participantes foram organizados em equipes para desenvolverem uma plataforma/sistema que resolva um dos oito objetivos da “Declaração do Milênio das Nações Unidas”.

Ao final do segundo encontro, todos os resultados produzidos durante este Desafio serão doados para as ONGs participantes e apresentados ao público.

Saiba mais na fan page http://goo.gl/dN6gzA
Site do evento http://challenge.baanko.com/
Contato [email protected]

 

 

Crowdfunding

 Plataforma de Crowdfunding de Projetos Inovadores

O Instituto Nacional de Empreendedorismo e Inovação e sua Aceleradora 2.5 de Negócios Sociais  lançou, junto com a Kickante, uma plataforma de Crowdfunding exclusivamente para projetos de inovação.

Cadastre-se aqui e saiba como CRIAR e LANÇAR uma campanha de sucesso para seu projeto de inovação. Você também poderá CONTRIBUIR para projetos inovadores já lançadas em nossa plataforma.      

Além de arrecadar fundos para seu projeto,  você terá benefícios exclusivos como: 20% de desconto na associação ao INEI, 10% de desconto em cursos e palestras sobre empreendedorismo & inovação do INEI e parceiros selecionados, e divulgação em toda a rede de contatos do Instituto, da Aceleradora 2.5 e por meio do Google Adwords de forma a atrair possíveis investidores. 

Nesta parceria, a Kickante lhe dará toda a assessoria necessária para que você possa fazer parte deste movimento de aceleração e lançamento de startups por meio da arrecadação digital de fundos!

 

Premiações

Premiação do Desafio Google

Em março deste ano, o INEI foi agraciado em o equivalente a US$ 10 mil/mês em Google Ads, pela sua participação no Desafio Google 2014.

Estes recursos são destinados a apoiar o desenvolvimento de projetos de negócios sociais de empreendedores inovadores brasileiros.

 

 

 

Pesquisas e Estudos Setoriais sobre Inovação nas Organizações Brasileiras


 

GRUPOS INTERATIVOS E REDES DE INOVAÇÃO

Dentro de seu propósito institucional de difundir a cultura e conhecimento de tecnologias e práticas voltadas para a inovação, o INEI também atua na disseminação das práticas de Gestão da Inovação, integrando e apoiando iniciativas de grupos profissionais e de redes de conhecimento, tais como o Grupo Interativo de Gestão do Conhecimento e Inovação - GIGCI, cujo objetivo é trocar boas práticas e lições aprendidas entre empresas nas áreas de gestão do conhecimento e da inovação.   As atividades do GIGCI ocorrem no Rio de Janeiro e são sediadas pelas empresas e organizações participantes como Petrobras, VALE, Correios, ONS, SERPRO, 3M, Embraer, Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Sulamérica Seguros, Shell, e Subsea Seven, dentre outras. Há mais de vinte anos, os fundadores do INEI e co-fundadores da Aceleradora 2.5, e a sua equipe de profissionais e docentes composta por Doutores, Mestres e Especialistas em diversas áreas, atuam junto à instituições de ensino superior, como a USP, ESPM,  Fundação Getúlio Vargas, Fundação Dom Cabral, IBMEC, UFF (Universidade Federal Fluminense), e PUC, dentre outras, em cursos de graduação e pós-graduação, em diversos estados brasileiros. 

Ações do documento
Share |