Você está aqui: Página Inicial Notícias BNDES financia plataforma social na nuvem da TOTVS

BNDES financia plataforma social na nuvem da TOTVS

A diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 658,6 milhões para a TOTVS S/A realizar investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento, incluindo o desenvolvimento de uma plataforma denominada FLUIG, além de investimentos em projetos de âmbito social.

Os recursos serão contratados pelos programas BNDES PSI - Subprograma Inovação e Máquinas e Equipamentos Eficientes e BNDES PROSOFT - Programa para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia e Informação, que tem uma carteira de R$ 5 bilhões relativos a 400 operações contratadas, e pela linha de Investimentos Sociais na comunidade. 

A plataforma FLUIG será uma interface única para todas as plataformas de gestão de uma empresa, possibilitando maior agilidade na comunição interna das companhias, compartilhamento de documentos, informações e conhecimentos e uma interação mais ampla entre clientes e fornecedores. Isso será possível a partir da adequação dos sistemas de gestão das companhias às tendências de mercado – por exemplo, computação em nuvem – e da integração de soluções de gestão que tradicionalmente são ofertadas separadamente.

A FLUIG também proporcionará aos usuários um ambiente seguro em nuvem, que combinará uma interface de uso por meio de dispositivos móveis, acessando inclusive informações e executando rotinas de sistemas de gestão integrada TOTVS ou de outros provedores. Isso ocorrerá independentemente do local onde sejam instalados, isto é, na infraestrutura própria das empresas, em nuvens privadas e/ou públicas.

De acordo com o comunicado oficial do BNDES, o usuário, por meio do FLUIG, terá uma área de trabalho com acesso facilitado a diversas tarefas de seu dia a dia, o que inclui, por exemplo, funções de controle de contas a pagar, contas a receber, estoques e consultas rápidas de informações sobre clientes, sem a necessidade de percorrer “menus” de sistemas de gestão para consultar informações, o que aumenta a eficiência.

O BNDES também apoiará os investimentos em projetos sociais da TOTVS, destinados às ações do Instituto da Oportunidade Social (IOS). O Instituto foi fundado em 1998, com o objetivo de apoiar jovens e portadores de deficiência nas oportunidades de emprego, a fim de que tenham maior acesso ao mercado de trabalho. As ações são voltadas para a formação de jovens de baixa renda entre 15 e 24 anos e pessoas com deficiência física, visual ou auditiva que estejam cursando ou já tenham concluído o ensino médio. Até hoje, já capacitou mais de 22 mil jovens no Brasil.

O BNDES possui longo histórico de relacionamento com a TOTVS. Em 2005, a BNDESPAR tornou-se acionista da empresa e sua participação no capital da companhia foi importante para a aquisição da Logocenter, primeira aquisição relevante realizada pela TOTVS.  Em 2008, o Banco aprovou novo apoio, de R$ 404,5 milhões, a fim de apoiar o plano de investimentos da empresa e sua fusão com a Datasul, então a segunda maior do país no segmento de aplicativos. Atualmente, a BNDESPAR detém 4,6% das ações ordinárias da TOTVS, listada no Novo Mercado da Bovespa desde 2006 e a primeira empresa nacional do segmento de software a abrir seu capital.

Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=34858&sid=97#.UjcGfCi5fIU

Acesso: 16/09/2013

Ações do documento
Share |